Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

CORRIDA DA TINGUI - fotos

Ontem, dia 04-11-2016, foi realizada a 21a. Corrida do Tingui. A mais antiga corrida de rua de Curitiba, anunciava o profissional do som a todo o momento, durante o evento.

A historia desta corrida está ligada à criação do parque no ano de 1995. Acredito que naqueles velhos tempos de corridas sem chip, talvez com um pequeno papel que marcava a passagem do corredor e de inscrições de graça ou muito mais baratas do que agora.

Quando ainda havia premiação em dinheiro e muito menos burocracia para liberar uma prova. Sem tantas taxas, laudos de adequação ambiental ou de poluição sonora. Quando os papagaios não eram incomodados ou nem se importavam com aquelas pessoas que passavam, muito lentas comparadas ao seu voo de pássaro um tanto barulhentos também.

Não sei que tempos eram aqueles. Porém, acredito que não era necessário investir tanto para correr. Certamente os primeiros corredores desta prova não usavam tênis de mais de mil reais, camisetas de duzentos e shorts de mais de cem. Relógios com GPS que é que tinha.

Provas deviam ter umas dezenas durante o ano todo. Um final semana não devia estar empilhado de alternativas, com diferentes propostas.

Porém, sei que o tempo passou e as coisas mudaram. Hoje temos uma grande quantidade de acessórios e equipamentos. Tantas opções que nem sabemos qual escolher e algumas vezes ficamos confusos. Nem temos certeza para que servem e se trazem algum benefício. 

As provas com premiação em dinheiro acabaram, pelo menos aqui em Curitiba. Quem corre é por amor e o que ganha, no máximo, é algum brinde de patrocinador (mercadoria), nunca em espécie e a medalha de participação.

As inscrições para as corridas estão aumentando a cada dia. Não importa se os corredores estão com menos dinheiro ou desempregados. Correr custa caro. É tanto que está tirando a vontade dos corredores.  Bastava ver a prova de ontem. Uma das mais tradicionais que, normalmente, encerrava o calendário de corridas de Curitiba, com número baixíssimo de participantes. O que me chamou a atenção é que havia apenas uma tenda de assessoria armada. 

Por outro lado, opções de corridas não faltavam. Teve uma na noite anterior e tinham mais três no mesmo dia (domingo) em Curitiba e região. Dividiram os corredores. Perdeu-se o brilho e a graça. 

Nem a medalha de participação está sendo atrativo, pois tem diminuído o tamanho e, algumas vezes, com design nada criativo. Só falta distribuir uma lembrancinha daqueles que recebíamos no colégio com a inscrição "honra ao mérito". Difícil.

Enfim, conseguimos correr, encontrar os amigos e nos divertir. Fazer algumas fotos para registrar estes momentos de alegria e descontração.

Seguem as fotos que podem ser baixadas gratuitamente (estas aqui são de graça). 





















































































































































































2 comentários:

  1. Oii,

    Concordo com o relato. Quando cheguei na prova minutos antes da largada achei por uns instantes que o local da largada poderia não ser ali de tão vazio que estava... mas me dei conta que o público era pequeno mesmo... que pena.. pena porque é uma prova tradicional com variação de altimetria e um trajeto maravilhoso. Lamentável que as inscrições estão cada vez mais caras e as ofertas aos clientes corredores nas provas estão diminuindo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu,

      Estaremos sempre atentos as mudanças e alterações que acontecem nas corridas de rua.
      As organizações precisam acompanhar as evoluções e apresentar inovações para atrair os corredores.

      Obrigado pela participação.

      Julian

      Excluir

O teu comentário é muito importante, porém identifique-se.
(CF, art. 5º, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato).

RESPONDEREI TODOS OS COMENTÁRIOS.
Volte mais tarde e veja a resposta