Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 19 de junho de 2016

MOUNTAIN DO VALE SAGRADO - PERU - fotos

No dia 22 de maio de 2016 participei do Mountain Do Vale Sagrado do Incas, em Cusco, Peru.
Meu desejo de conhecer o Peru, especialmente a cidade sagrada dos Incas, Machu Picchu era muito antiga. Vinha da época que estudei a civilização inca, nos livros do colégio. Sempre pensei de um dia poder ir até esse lugar tão misterioso e evoluído para a sua época.

Então a viagem aconteceu conciliando a corrida e a realização do sono. É assim que a maioria dos corredores fazem várias coisas: passeiam, conhecem lugares, se divertem e correm.

Não vou falar aqui sobre a viagem. Meu foco nesta publicação é mesmo a corrida.

As provas do Mountain Do procuram lugares inusitados e diferentes, como o deserto do Atacama, Fernando de Noronha, etc... Esta seguiu a mesma linha.

O desafio era realizar uma maratona, pela primeira vez, no Vale Sagrado dos Incas, superando a altitude da região.

Os desafios são para serem superados. Para os organizadores coube a missão de fazer todos os preparativos, desde os burocráticos com as autoridades, até preparar toda a logística e estrutura da prova. Aos corredores tocou a parte mais difícil: superar a altitude das montanhas e correr as distâncias que se propuseram. Acredito que ambas ficaram muito satisfeitos.

A altitude média na cidade de Cusco é de 2900 metros. A maioria das pessoas que não estão acostumadas passam mal nesta altura acima do nível do mar. Porém, nem todos.

A CORRIDA
Os kits foram entregues somente no dia 19 de maio. Portanto, três dias antes da prova. Um  tempo mínimo para os corredores se acostumarem com altitude e se ambientarem no local da prova.

No intervalo entre a entrega dos kits e a prova foi possível fazer alguns passeios para conhecer os pontos turísticos da cidade e, inclusive, para a cidade sagrada dos Incas - Machu Picchu.

Para o dia da prova a organização disponibilizou ônibus para transporte os corredores até o local da largada. Os ônibus saíram da Praça do Sol, das 6h45 as 7h30. A distância era de aproximadamente 30km.

A largada e chegada foi na Vila de Huambutio, que fica a uns 30km de Cusco, Peru, no Vale Sagrado do Incas, às margens do Rio Urubamba. O Vale Sagrada dos Incas se estende até a cidade de Machu Picchu.  A altitude no local da largada era de 2.800m. Cem metros menos do que na cidade de Cusco.


Quando chegamos na Vila de Huambutio fomos recebidos pelos moradores do lugar, vestidos com roupas típicas para festas. Todos foram muito receptivos e simpáticos. O administrador do Distrito de Huambutio estava presente e nos deu boas-vindas em nome do povo local. Vide vídeo.

Antes da largada fomos agraciados com a apresentação de dança típica pelos alunos (meninos) de um colégio da comunidade. Haveria mais uma apresentação das meninas, porém não deu tempo e ficou para outra oportunidade. Vide vídeo.

A largada estava prevista para as 9h da manhã, cumprida rigorosamente no horário.

PERCURSO
Havia três distâncias: 8km, 20km e 42km. Percursos em terrenos variados, passando por estrada de asfalto (4,3km próximo da largada), estrada de chão, trilhas, bosques, canal d'água e montanhas.

Fiz o percurso de 8km, pois não tinha ideia de como meu corpo reagiria à altitude.

Após a largada os corredores percorreram uns 300m pelas ruas da Vila e entraram na estrada de asfalto. Em seguida passaram por uma ponte sobre o Rio Urubamba e continuaram pelas margens do rio, num trecho de aproximadamente 1,2km de plano. Depois iniciou uma subida forte de aproximadamente 3km. Este trecho teve um ganho de elevação de mais ou menos 300m.

Após o km 4 os corredores deixaram a estrada de asfalto e entraram numa estrada de chão em leve descida. Percorreram em torno de 1km nesta estrada, que mais adiante ficou plana. No final desta estrada (km 5) os corredores de 20km e 42km se separaram, indo pela direita e os de 8km iniciaram o retorno em um trecho de trilhas de aproximadamente 2km de descidas fortes. Faltando 1km para a chegada voltaram a estrada de asfalto e percorrendo um pequeno trecho novamente pelas ruas da vila.

PREMIAÇÃO
Os três primeiros atletas no geral e de cada categoria nos 20km e 42km (masculina e feminina) receberam troféus na cerimônia de premiação. Os cinco primeiros geral masculino e feminino dos 8km receberam troféus. Não houve premiação por categoria na distância de 8km.
A premiação aconteceu no domingo às 19:30, na Praça de Armas, no centro de Cusco.


PARTICIPAÇÃO
Fui eu e a Lu (Luciana), minha namorada. Decidimos participar desta prova em agosto em 2015, após o Montain Do Praia do Rosa. Assim que abriram as inscrições nos inscrevemos e depois fomos organizando a viagem.

Aproveitamos a viagem para passear um pouco. Então fomos no dia 16 de maio e ficamos em Lima até o dia 19 de maio. De manhã fomos para Cusco, numa viagem aérea de 1h30min, passando pela Cordilheira dos Andes.

Estávamos apreensivos com nossa reação à altitude. Quando descemos no aeroporto de Cusco, por sinal, bem organizado, fomos logo pegar umas folhas de coca, disponíveis no saguão de desembarque para usarmos, se necessário. Explico: dizem que mascar folha de coca alivia os efeitos da altitude sobre o organismo.

Nossa surpresa foi que não sentimos absolutamente nada de diferente em razão da altitude. Isso foi muito bom. Pois, alguns corredores que encontramos tiveram reações diversas e passaram mal por alguns dias, prejudicando o desempenho na corrida.

Enquanto estivemos em Cusco nos encontramos com alguns corredores. Aproveitamos para um almoço juntos no Polo Restaurante. Nesta conversa fizemos amizade com a Ana (Rio de Janeiro), Christian (Espírito Santo), Felipe e a mãe (Minas Gerais), Justino (Curitiba) e o Wagner (campeão, também de Curitiba), que já conhecíamos. Foi muito bacana o nosso almoço e a conversa girou em torno de corridas, é claro.

Eu e a Lu fizemos 8km, considerando a incerteza quanto a reação da altitude. Mas, graças a Deus não sentimos nada e pudemos fazer uma excelente prova. Aproveitar as paisagens (poucas, em razão do curto percurso), porém o suficiente para nos emocionarmos enquanto corríamos pelo Vale Sagrado. Emoção só de pensar quanta história tinha naquele trecho na beira do Rio Urubamba.

Ao longo do Vale Sagrado são encontrados centenas de sítios arqueológicos da civilização Inca. Uma civilização habitou aquele lugar por centenas de anos. Deixou seu legado para toda a humanidade. Até hoje seus feitos são estudados e algumas vezes, ainda não foi desvendado como fizeram determinadas construções. Como tinham conhecimento de astronomia, arquitetura, etc...

Ao final da prova a melhor surpresa. Consegui a classificação de 4o. lugar geral na distância de 8km. Um feito histórico para mim. Poder correr num lugar totalmente diferente. Em condições de clima e terreno desconhecidos e obter um excelente resultado.

Ainda no local da prova, em Huambutio,  tive o prazer de conhecer e conversar com a campeã feminina dos 8k, Anna Clara Sancho, do Rio de Janeiro e com o campeão geral masculino dos 20km, Edinilson Cardoso, de São Paulo, que completou a prova em 1h27min, com os quais pude fazer algumas fotos.


Conheci também o Ruben Andres Apud Turn, da Argentina, que ficou em segundo lugar geral na distância de 8km. Conversamos no ônibus sobre a prova e alguns passeios nas montanhas dos Andes. Fizemos algumas fotos na premiação. Foi muito bom te conhecer Ruben. Espero você numa corrida aqui em Curitiba. E se vier vamos dar todo o apoio. 

Agradeço à Lu por me acompanhar desde os preparativos em Curitiba. Na viagem e durante a corrida. Estivemos juntos nestes dias e foi muito importante para eu conseguir alcançar meus objetivos.
Desde o começo quando convidei a Lu para ir junto, sempre esteve presente, me ajudando a decidir os dias da viagem os passeios, os hotéis, melhores opções. Muito obrigado pela parceria querida.

Ao professor Duda da Academia Studio Nareu pelos preparativos de fortalecimento muscular e pelo apoio em todos os sentidos. Palavras de incentivo e motivação. Valeu Duda.

A todos que participaram das fotos. Podem ser baixadas livremente.

Para conferir o resultado clique aqui.

















































































6 comentários:

  1. Muito show o relato, Julian. Deve ter sido uma experiência inesquecível, fazer o que gosta num lugar histórico e com certeza lindo. E ainda fechando com chave de ouro, com troféu. Parabéns! Parabéns pra Lu também. Abraços Rafael Perdigão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael,

      Falou tudo. Inesquecível. Lugar maravilhoso. Emoção grande de poder estar num lugar que faz parte da história. De uma cultura tão avancada para o seu tempo. Saber que ali habita o espírito de um povo que tinha suas crenças e divindades.
      O troféu foi o coroamento da emoção de poder viver tudo isso de forma muito intensa.
      Obrigado pelo apoio sempre.

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  2. Só posso dizer que a viagem foi maravilhosa, tanto o passeio quanto a corrida.

    A organização foi perfeita em todos os detalhes. Me senti segura em realizar a prova mesmo sendo um grande desafio.

    Obrigada você meu amor pelo companheirismo e teu sempre apoio. Só consegui encarar este desafio porque você estava lá comigo.

    E parabéns pelo resultado. Conseguiu um ótimo resultado numa prova tão difícil como esta: 4ºlugar geral. Muito orgulho de você.

    Também agradeço ao prof. Duda da academia Studio Nareu pelo suporte técnico e apoio.

    Obrigada Rafa Perdigão!!! Vlw amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu,

      Valeu por todos os momentos que esteve do meu lado.
      Na emoção da alegria de estar num lugar tão significativo e importante. De ter o privilégio de poder conhecer e fazer algo que gosto tanto. Correr.
      Ao prof. Duda também meu agradecimento pela preparação e motivação.

      Obrigado,

      Julian

      Excluir
  3. Desde Argentina, Muy buen relato Julian! Estoy contento de haber conocido a gente como tu en el viaje.

    Muchas gracias por todo y exitos en las proximas carreras, espero que volvamos a cruzarnos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Ruben,

      Foi um prazer conhece-lo nesta viagem e poder dividir o pódio contigo, além de trocar algumas experiencias de viagens.
      Quando nos cruzarmos novamente a alegria será muito maior.

      Gracias amico.

      Julian

      Excluir

O teu comentário é muito importante, porém identifique-se.
(CF, art. 5º, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato).

RESPONDEREI TODOS OS COMENTÁRIOS.
Volte mais tarde e veja a resposta