Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 8 de fevereiro de 2015

DESAFIO DO DUNGA - CORRIDAS - fotos

Na publicação anterior - Desafio do Dunga - A Viagem - contei sobre os preparativos e o que aconteceu até o início das provas na Disney. Agora vou contar como foram as corridas do Desafio do Dunga - Dopey Challenge -dentro e aos arredores dos 4 parques da Disney - Orlando e o Complexo Esportivo ESPN.

Depois da maratona tive o prazer e a felicidade de encontrar Fredson Costa, campeão da Maratona Disney, que concluiu a prova com o tempo de pouco mais de 2h.

ORGANIZAÇÃO DO EVENTO - EM TODAS AS PROVAS

As largadas foram no estacionamento do parque Epcot. Um lugar bastante amplo. A infraestrutura disponível é quase indescritível. Centenas de banheiros químicos, limpos até o final das provas. Guardas volumes amplos, divididos por letras e números. No kit recebemos um adesivo específico para o guarda volume, o qual deviria ser afixado na sacola plástica recebida.
Os corredores foram divididos em currais ou pelotões, de acordo com o tempo de cada atleta. Para fazer prova do tempo foi necessário enviar certificado de uma corrida anterior que comprovasse o tempo de conclusão da prova. Podiam ser comprovados os tempos de meia maratona e da maratona. Acredito que por estes tempos, os organizadores definiram as posições nas provas menores de 5 e 10Km.

Meu curral foi o “A”, nas provas de 5 e 10Km e o “D”, na meia maratona e na maratona.

A divisão dos corredores em currais é indicada em provas com muitos inscritos participantes. Ao total eram 35 mil corredores inscritos. E nesta prova funcionou muito bem.

Antes da primeira largada de todas as provas era cantado o hino nacional americano ao vivo. As largadas eram com uma salva de fogos de artifícios.

A cada milha (1,609Km) do percurso tinha água e isotônico. Desde a primeira milha. E a cada 2 milhas (pouco mais de 3Km) tinha um posto médico com vários medicamentos a disposição dos corredores.

Ao longo de todo o percurso havia muita gente assistindo e incentivando os corredores. Milhares de voluntários que estavam distribuídos ao longo o percurso para sinalizar e orientar os corredores. Centenas de postos de animação, com música ao vivo ou eletrônica, personagens da Disney para tirar fotos, dentre outras atrações.

As chegadas eram no mesmo local das largadas, porém, em partais distintos.

Dia 08 de janeiro de 2015.
Prova - 5Km.

A primeira largada foi às 6h30min. Primeira largada porque em razão da divisão dos corredores em currais ou pelotões. As largadas eram sequenciais a cada 5min.

Todos os corredores chegaram e ficaram num espaço bem amplo, com música e muita animação. Dez minutos antes da largada todos foram posicionados nos respectivos currais. Como neste dia eu estava no curral “A” fui um dos primeiros a largar.

Não senti nenhuma dificuldade de desenvolver meu ritmo desde o início da prova. O portal da largada tinha a largura aproximada de 2 pistas de carros de uma rua. Logo em seguida abria para 4 ou 5 pistas. Bem diferente de algumas provas que já participei, na qual logo após a largada havia um estreitamente da rua e curva (esquina).

Neste primeiro dia sofri muito com o frio. A temperatura estava em torno de 5 graus celsius. Com vento que soprava, a sensação térmica, segundo notícias locais, era de menos 2 graus celsius. Mesmo correndo, não conseguia me aquecer. Foi o tempo de terminar a prova, com direito a fotos com os personagens no percurso e me recolher imediatamente no hotel para um banho bem quente.

O percurso dos 5Km foi praticamente todo dentro do parque Epcot.

Dia 09 de janeiro de 2015
Prova – 10Km

Escolhi esta prova para fazer o meu melhor tempo possível. Nas demais decidi que iria só brincar e me divertir.

A primeira largada foi às 5h30min. Como nesta prova eu estava posicionado no curral “A”, larguei neste horário.

Fazendo o melhor consegui terminar com o tempo de 46min.

O percurso foi todo plano, incluiu o parque Epcot e entorno.

Foi uma prova na qual não senti tanto frio porque a temperatura havia subido bastante em relação ao dia anterior e porque neste dia já fui melhor agasalhado.

Dia 10 de janeiro de 2015
Meia maratona – 21Km

Esta foi a melhor e mais bonita corrida.

A primeira largada foi às 5h30min. Neste dia estava posicionado no curral “D”. Então a minha largada efetiva foi às 5h45min. Ainda estava totalmente escuro quando iniciei esta corrida, como já havia acontecido nos dias anteriores.

Como disse, esta foi a melhor e mais bonita das corridas na Disney.

A largada e os primeiros 5Km dentro do parque Epcot. Passou ainda pelo parque Animal Kingdom e, principalmente, pelo Magic Kingdom, o parque mágico. O Castelo da Cinderela encanta qualquer um, seja criança ou adulto, menino ou menina. É muito mágico.

Entrar no Magic Kingdom ainda escuro, todo iluminado e avistar o Castelo da Cinderela como se estivesse nevado é uma emoção quase indescritível.  Passar correndo por dentro do castelo mágico foi fantástico e emocionante.

Tirar muitas fotos com os principais personagens da Disney e em frente ao Castelo da Cinderela com aquela decoração especial é uma façanha para poucos e que dificilmente se repetirá.

Confesso que brinquei e tirei muitas fotos nesta corrida. Cumprimentei inúmeras pessoas que estavam à beira da pista torcendo por cada um dos corredores. Gesto motivador. Quem corre sabe bem o que estou falando. Faz a diferença.

Dia 11 de janeiro de 2015
Maratona – 42Km

Chegou o dia do maior desafio. Completar uma maratona depois e ter corrido mais de 36Km nos 3 dias anteriores.

A primeira largada foi às 5h30min. Escuro, como nos dias anteriores.

Na maratona passamos pelos 4 parques da Disney – Epcot, Animal Kingdom, Magic Kingdom e Hollywood Studios e no Centro Esportivo ESPN, além de várias ruas próximas.

No percurso, como sempre, muitos personagens dos desenhos e filmes da Disney. Em alguns pontos estavam presentes quase o elenco todo de um determinado desenho ou filme. Muitos personagens juntos. Deu para tirar centenas de fotos bem ao lado dos personagens preferidos.

Na chegada desta prova, além de receber uma medalha enorme da maratona, mais 2 medalhas também enormes foram entregues. A do Desafio do Pateta ou Googy’s, que completou 10 anos e a do Dunga ou Dopey Challenge.

Alegria e felicidade invadiram minh’alma neste dia. Após terminar a maratona agradeci a Deus por ter me propiciado e me dado força para terminar este desafio.

Um dia muito especial na minha vida. Inesquecível. Ficará gravado para sempre na minha memória e nunca será esquecido.

Dopey Challenge - um feito para se orgulhar. Será contado com todos os detalhes aos filhos, parentes e amigos por muito tempo.

Quem pretende fazer alguma prova fora do Brasil, se puder concilie a viagem a Orlando com esta corrida, que é realizada todos os anos no mês de janeiro.

Indico este desafio. Quem puder fazer não irá se arrepender. Vale a pena. 

Alguns registros das provas. Foram muito mais. Porém, não dá para publicar todos. Escoli os que melhor representam o momento. 

Para ler sobre a Maratona de Miami clique aqui. 
Para ler o relato incial da viagem aos EUA e primeira parte do Desafio doDunga clique aqui.

julian






































































3 comentários:

  1. Valeu Julian e Hilminha !!!
    Com certeza faremos muitas outras maratonas pelo mundo.
    Foi inesquecível !!!
    abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos,

      Foi excelente.
      Com certeza faremos outras pelo mundo.
      Mas, esta ficará marcada para sempre. Foi a primeira e emocionante.
      Valeu !


      Julian

      Excluir
  2. Grande Julian!
    Fiquei contente em ver publicada a foto que tiramos no aeroporto de Atlanta.
    Qta. coincidência. Se tivéssemos combinado, não daria tão certo.
    No que se refere a prova, desde que planejada e treinado, recomendo o DESAFIO DO DUNGA.
    Grande abraço
    JOSÉCARLOS

    ResponderExcluir

O teu comentário é muito importante, porém identifique-se.
(CF, art. 5º, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato).

RESPONDEREI TODOS OS COMENTÁRIOS.
Volte mais tarde e veja a resposta