Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

SÃO SILVESTRE - fotos



Foi a oportunidade de conferir e responder a pergunta: a São Silvestre é uma corrida ou uma festa. A resposta veio naturalmente. A São Silvestre é uma festa.

A corrida é reservada para os poucos corredores do pelotão de elite. Os demais corredores participam de uma festa diferente, na qual para fazer parte é preciso estar preparado. Ter algum condicionamento físico para percorrer os 15Km.

Há alguns anos estava aguardando para participar da São Silvestre. Por algum motivo nunca foi possível. Esta espera chegou ao fim neste dia 31-12-2014. 


Como escrevi em outras oportunidades, a São Silvestre faz parte da minha vida desde a época em que estudava no ensino médio, no interior do estado o Paraná, quando treinava , porém não passava de um sonho que parecia tão distante que nunca se realizaria.

A decisão de participar da São Silvestre foi tomada ainda no primeiro semestre de 2014. A condição fundamental era poder participar do evento sem prejudicar a convivência e a passagem do ano com a família. As passagens áreas de ida no dia 30 e volta no início da tarde do dia 31 foram compradas em agosto. Em seguida foi feita a reserva do hotel e no início de outubro foi a vez de fazer a inscrição. Tudo pronto. Depois foi só se preparar e aguardar o dia chegar. E veio com grande emoção.

Já no aeroporto encontrei vários amigos corredores que também estavam indo participar da São Silvestre. A primeira providência após o desembarque foi a retirada do kit, que estava sendo entregue desde o dia 27, no Ginásio Estadual Geraldo José de Almeida – Ibirapuera – na rua Manoel da Nóbrega, 1361.

Kit básico, com uma camiseta azul de boa qualidade, numeral de peito, chip descartável e alguns pequenos brindes dos patrocinadores, porém nada muito significativo. 

A tarde do dia anterior à prova foi destinado ao pequeno passeio pela Av. Paulista, que estava quase pronta para dia seguinte e à visita ao MASP – Museu de Arte de São Paulo-SP. A noite um jantar de massas com os amigos, Hilma, Fernades, Rosi, Aline, Paula e o namorado.

Uma hora antes me dirigi ao local da largada para esperar a hora tão esperada. Muito gente acudindo para o mesmo lugar. Registro que neste ano a São Silvestre teve 30 mil inscritos, além dos tradicionais “pipocas”, que participam sem inscrição. Então acredito que certamente tinham em torno de 40 mil pessoas presentes na Av. Paulista, contando corredores e familiares.


Uma novidade nesta São Silvestre foi a distribuição, juntamente com o kit, de uma pulseira que serviu para dividir os corredores em pelotões, de acordo com o “pace”. Depois do pelotão de elite tinha a área vermelha, amarela, verde e a branca. Algo bastante comum em corridas de grande porte no exterior.

Esta divisão ajuda a separar os corredores de acordo com o seu “pace”. Isso possibilita, se for observado, que cada corredor possa desenvolver um ritmo de corrida sem precisar ultrapassar outros corredores mais lentos. Funciona bem quando cada corredor se posiciona no seu espaço, de acordo com o tempo de cada corredor.

A largada aconteceu exatamente às 9h, conforme previsto. Embora neste ano as duas pistas da Av. Paulista tenham sido utilizadas pelos corredores, a passagem dos últimos participantes somente aconteceu após mais de 30 minutos da largada. Temperatura em 26 graus. No final os termômetros marcavam 28 graus.

O percurso em quase nada mudou em relação aos últimos anos, exceto uma pequena volta, que vista no desenho do mapa, formou um coração.

Embora os corredores tivessem se dispersados um pouco ao longo do percurso, posso afirmar que não é possível estabelecer um ritmo constante de corrida nesta prova. A todo o momento era necessário corrigir o rumo e se reposicionar na pista, pois tinha alguém mais lento ou até caminhando à frente. Para se ter uma ideia, observei inúmeros corredores falando ao telefone enquanto corriam. Dando informações e passando as coordenados de onde se encontravam. 

Registro que no Km 4 houve um congestionamento de corredores que atrapalhou bastante o desempenho de todos os que estavam posicionados mais atrás. Isso aconteceu porque após 3 Km de corrida em pista dupla, houve um afunilamento para uma rua de pista única, além do que neste ponto estava a primeira distribuição de água.

Como já é tradição na São Silvestre a presença de inúmeros corredores fantasiados, com os mais variados figurinos e personagens. Além de inúmeras faixas e placas com informações da procedência dos corredores ou de protesto. Todos com o mesmo objetivo de se fazer notar dentre os inúmeros corredores na multidão que divagava pelas vias de São Paulo.

Por estes motivos considero que a São Silvestre é uma corrida apenas para os poucos corredores da elite que largam lá na frente. Os demais participam de uma festa. Quem for com outro propósito irá se aborrecer, pois não conseguirá correr em ritmo de prova.

Encontrei muitos amigos e conhecidos de corridas. Além dos já citados pude identificar na multidão, por exemplo, Claudio Fuzino, Luizz e Mário, Rafael e seu amigo, Leonardo e a namorada, Fernando, Luciana, Haroldo, Mauro (Pé no Asfalto), Nelson (ultramoratonista), dentre outros. Além de outros desconhecidos, dos quais me aproximei em razão de alguma afinidade, como alguns torcedores do Grêmio, por exemplo. 

Representantes dos Grupos de Corrida: Minoru, Coxa Runners, Pé no Alfalto, Corredores do Bacacheri e tantos outros.
 Depois de 1h25min cruzei a linha da chegada e peguei a minha medalha. Muito linda. Feliz por ter realizado um sonho de anos: correr a São Silvestre, a corrida cobiçada por todos os corredores. Melhor dizendo, poder participar da festa da São Silvestre.

Fiz muitas fotos antes, durante (levei a câmara) e depois da prova. Estão publicadas a seguir. Podem ser baixadas gratuitamente. Agradeço a todos os que participaram das fotos.
























































































   

10 comentários:

  1. Grande festa Julian,

    Sim, uma grande festa é o que foi para mim. Estava treinando para fazer um bom tempo, mas mesmo antes de desembarcar em São Paulo já estava consciente de que seria difícil. Quando saí do hotel para ir para a prova ainda bateu uma dúvida: corrida para fazer tempo ou festar correndo. A 2ª opção prevaleceu, saí então com a máquina fotográfica em punho com o espírito de festa. Fiz a coisa certa, pelo volume de pessoas, gargalos no tráfego e dificuldades de fazer uma hidratação rápida, se tivesse ido com a idéia de fazer tempo não teria aproveitado a prova e também não faria o tempo esperado em razão do treinamento. Aproveitei o percurso, corri, mas não exitei em parar ou caminhar para tirar fotos e curtir o clima de festa pelos locais por onde passei.
    A pergunta: vale a pena participar da São Silvestre?
    A resposta: cada um tem que ter sua própria resposta e para isso tem que participar pelo menos uma vez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haroldo,

      Após ter assistido muitas vezes a São Silvestre pela televisão e, principalmente, depois de ter conversado com a Hilma que participou da corrida no ano passado, cheguei a conclusão que era uma festa.
      Fui lá e conferi. Realmente não dá para correr.
      Meu propósito foi mesmo participar e me divertir. Foi isso que aconteceu e fiquei muito satisfeito e feliz pelo resultado.
      Não esperava mais do que isso.
      A última coisa que pensei foi fazer tempo nesta prova.

      Valeu.

      Abraços,
      Julian

      Excluir
  2. Show de bola essa corrida, gostei muito de participar, pois é uma verdadeira festa, fora o apoio do publico, 15km incentivando. Pena não ter te encontrado, abraço

    Rafael Carlins

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael,

      Que bom que vc gostou e aproveitou a festa.
      Acredito que quem não teve este propósito, se estressou.
      Não dá para correr.
      Curti, aproveitei, tirei fotos no percurso, parei para tirar fotos. Cortei caminho naquele ponto que teve congestionamento. Concluí feliz e satisfeito.
      Não era fácil encontrar alguém no meio daquela multidão.
      Valeu

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  3. Julian, realmente é muito difícil encontrar alguém conhecido naquela multidão! Sorte minha, que apareci no seu blog ... hehehe ...Parabéns pela sua primeira participação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claudio,

      Fiquei muito feliz de ter te encontrado no meio de tantos corredores.
      Só isso já teria valido a pena ter ficado parado tirando fotos na largada.
      Acredito que tive sorte também de ter encontrado o amigo.
      Obrigado pela incentivo.
      Nos vemos em outras corridas.

      Valeu,

      Abraços.

      Julian

      Excluir
  4. Julian... esta viagem foi muito diferente do planejado... mas posso dizer que todas as experiências são válidas quando tiramos proveito e aprendemos alguma coisa... :)
    Em relação à corrida... embora já soubesse que era para festar apenas, tinha a expectativa de fazer 10 minutos a menos do que em 2013... pois caminhei naquele ano e era possível pelo menos trotar a prova toda... (em 2013 não teve a paradona geral no primeiro posto de hidratação)... neste ano parou tudo lá no km4... e se eu não precisasse muito da água teria feito o mesmo que vc... cortado aqueles 800 metros sem pudor.... rs... o resultado foi que desanimei ali... trotei e caminhei a maior parte da prova... mas resolvi tb aproveitar aquele momento de absoluta solidão (no meio daquela multidão) e refletir sobre o meu 2014 e 2015... pensar na viagem da Disney e no que quero fazer lá no Desafio do Dunga (este, sim, será para fazer uma festa, mas também para dar conta dos 78 km para os quais me preparei o ano todo) e às vezes apenas ficar na "caixinha do nada" somente apreciando os prédios e o momento... :)
    É como disse no início.. não saiu como planejado, mas também teve seu valor e aprendizado... :)
    Valeu pela excelente companhia de sempre e pelas fotos... :)

    ResponderExcluir
  5. PARABÉNS JULIAN!!

    COMO ESTAVA EM UMA BRINCADEIRA NO FACEBOOK, A SÃO SILVESTRE NÃO É UMA MARATONA, A SÃO SILVESTRE NÃO É UMA CORRIDA, A SÃO SILVESTRE É UMA PROCISSÃO!!!

    BOM ABRAÇO E BOM 2015

    MARCOS MALHADAS

    ResponderExcluir
  6. Uma grande festa! Fazer tempo fica apenas para os corredores de elite ou para os que madrugam para ficar la na frente... alias, chegar cedo ja começa o sofrimento, ficar no sol escaldante sem poder sair do lugar e sem tomar nada! kkk. Cheguei na largada por volta das 07:30, me posicionei um pouoc a frente e alguns minutos depois ficou impossivel dar algum passo para o lado... Mas depois do sofrimento de ficar esperando a prova iniciar e antes de me posicionar para a largada é uma grande festa!
    O povo de SP presente nas ruas é um show a parte, sempre incentivando as pessoas, gritando e brincando com o pessoal! Até a torcida da gaviões fazendo a festa como se estivessem no estádio torcendo! Com bandeiras e faixas.
    É uma linda prova, muita festa, e uma ótima maneira de fechar o ano! Certamente tentarei ir em 2015!
    Muito legal te encontrar la, em tantas corridas aqui não te achei e só fui te encontrar em SP kkkk

    ResponderExcluir
  7. Pra quem quer correr e fazer tempo na São Silvestre tem que madrugar e sair lá na frente pois a multidão é grande. Eu ainda fiz um tempo razoável. Completei com 58:08.
    Parabéns pela prova Julian.
    As fotos ficaram show.

    PS: você comentou que ficou hospedado em um hotel em São Paulo, por acaso é próximo a Paulista? É caro o diária?
    Estou te perguntando isso, pois neste ano de 2015 irei completar minha 10ª São Silvestre e quando comecei a participar dela lá em 2004, prometi pra mim que quando completasse a décima eu passaria o reveillon na Paulista.
    Se puder me passar o número do telefone ou site do hotel pode enviar no email tuttaferreira@gmail.com.

    Abraço.


    tutta-Baleias/PR
    www.correndocorridas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

O teu comentário é muito importante, porém identifique-se.
(CF, art. 5º, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato).

RESPONDEREI TODOS OS COMENTÁRIOS.
Volte mais tarde e veja a resposta