Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

MARATONA DE CURITIBA - fotos

Dia 17/11/2013 participei da Maratona de Curitiba, considerada a mais difícil do Brasil, segundo avaliação de vários especialista e maratonista.
Os preparativos para esta prova haviam iniciado há uns 4/5 meses, conforme informado em outras publicações.
As 6h25min já estava no local da prova - Centro Cívico. Retirei o chip (a entrega do chip foi no dia da prova, um pouco antes da largada).

Fazer a inscrição próxima edição? Clique aqui.

Largada pontualmente às 7h15min, conforme previsto no regulamento. 
A temperatura e o tempo estavam ideais para a prática de corrida. Temperatura em torno de 15 graus, tempo nublado e umidade relativa do ar em torno de 80% ou mais. Por volta das 6h30min estava garoando.
Me despedi dos amigos que encontrei antes da largada: Paulo e Edna, Laércio, Equipe Coxa Runners, dentre outros e me posicionei no espaço destinado aos corredores, mais ao fundo. Enquanto aguardava o toque da sirene da largada aproveitei para me exercitar e me aquecer, nos últimos e derradeiros preparativos para a longa prova.
Dada a largada, saí com calma até passar pela linha de marcação do tempo (cronometragem) e somente a partir daí passei a desenvolver um ritmo adequado ao tempo previsto para término da prova. Meu primeiro km na Av. Cândido de Abreu, em direção ao Shopping Muller, ser viu para ajustar este ritmo.
A partir daí mantive dentro do programado, não me importando com os corredores mais apressados que passavam por mim, nem com aqueles que falavam alto, numa espécie de euforia por estarem numa maratona. Segui em frente no percurso que depois de 6km passou próximo do local da largada. Neste momento estavam largando os corredores de 10km. Pude correr e até identificar alguns amigos que corriam lado a lado na Av. Cândido de Abreu. Quando chegamos novamente no Shopping Muller, os corredores dos 10km viraram à direita e os maratonista seguiram em frente. Momento de separar o meninos dos homens.
No km 7 era para encontrar com o Ari, de bike. Havia combinado o ponto de encontro e bem antes já me ocupei de procurar e conferir se ele tinha vindo mesmo. Fiquei mutio feliz quando vi o Ari que me aguardava, com sua bike e câmara fotográfica para ser meu "pace" nesta maratona.
Procurei combinar com o Ari como a gente iria fazer para ele me entregar gel, água, isotônico, sal e outros suplementos durante o percurso.
Mantinha meu ritmo em torno de 5'20"/km. Entre os km9 e 10 estava a Laiz (colega de trabalho) aguardando na calçada para fazer algumas fotos. Fiquei muito contente em vê-la e, principalmente, pela sua persistência de levantar cedo para acompanhar a maratona. Obrigado Laiz! Fui encontrando muitos conhecidos de corrida: Adolfo, Adima, Camila, etc...
O Ari sempre muito prestativo sempre me perguntando e preocupado em entregar a ajuda no tempo e lugar certos. 
Passei a meia maratona num excelente tempo. Avaliei a situação momentânea e concluí que poderia continuar no mesmo ritmo.
No km 28 minhas filhas e o Valdinei me aguardavam de bike para me entregarem gel e isotônico. Foi muito emocionante. Segui em frente pela Marechal Floriando Peixoto, agora com a companhia de 4 "auxiliares". 
No km 32 a torcida dos Corredores do Boqueirão e logo em seguida o Laércio se juntou ao grupo que agora estava com 5 "batedores". Neste momento já estava um pouco cansado e procurei me concentrar mais para poder terminar bem a prova. Do km 34 em diante não quis mais nenhum suplemento.
O cansaço e o desgaste físico começaram a aparecer. Em muitos momentos senti que minha vontade era acelerar ou manter o ritmo, porém o corpo não me obedecia mais.
Comecei a sentir dores nas articulações do quadril e joelho. Embora soubesse que ainda faltavam 8 ou 5km, sempre acreditei que iria terminar. Em nenhum pensei em desistir. Apenas pedia a Deus que a dores fossem embora e mantalizava os últimos km e a linha de chegada.  
Quando passei pela Reitoria da UFPR, no km 40, lembrei dos anos que passei ali, na minha primeira faculdade. Logo adiante, o Passeio Público e a CELU - Casa do Estudantes Luterando, onde vivi muitos bons momentos. Me deram inspiração para continuar cada vez mais forte e seguir em frente.
Na esquina das ruas Pres. Carlos Cavalcanti, com a Pres. Faria, no Passeio Público, a banda de Exército tocava para os corredores. Mais motivação para terminar a prova.
Minhas filhas, o Ari, o Laércio e o Valdinei me incentivando e proferindo palavras motivadores: "já está chegando", "falta pouco", "vamos em frente que está quase no final"...
Quando virei a esquina da rua Pres. Carlos Cavalcanti, com a av. Cândido de Abreu, avistei o Centro Cívico e sabia que só faltava um km para chegar, pois ali estava a placa do km41.
Puxei as últimas forças que ainda me restavam. Sabia que depois teria muito tempo para descansar e me alegrar com todos os que me aguardavam além da linha de chegada.
Ainda encontrei o Denilson e o filho, em frente ao Shopping Muller. Deu tempo para um breve cumprimento e agradecimento pelo incentivo.
Com passadas menos vigorosas do que aquelas que havia desferido quando passei por ali, no início da prova, segui em frente pela av. Cândido de Abreu, tendo em mira o Palácio Iguaçu, do Governo do  Estado, a Praça Nossa Senhora Salete e o partal de chegada.

Minhas filhas o tempo todo do meu lado, torcendo para continuasse firme. O esforço era grande para manter a passada. Não conseguia acelerar o ritmo, embora soubesse que faltavam alguns metros. A quantidade de torcedores aumentava a medida que se aproximava a linha de chegada.

Ainda deu tempo de avistar alguns corredores que estavam na torcida. A Marcinha e um grupo de amigos que gritaram meu nome. Aquele incentivo valeu uma dose extra de energia para contornar a rótula da av. Cândido de Abreu e enxergar a Rejane e o Derujo que estavam posicionados para fazer as últimas fotos, antes de cruzar a linha de chegada e zerar o cronômetro em 3h45min. Estava exausto.

Na área de dispersão encontrei o Marcos, que havia terminado a maratona bem antes, com o tempo de 3h26min. Entreguei o chip e peguei minha medalha. Linda! Coloquei-a no peito, com orgulho. Mais uma maratona concluída.

Muita festa com os amigos e familiares que me aguardavam depois da área de dispersão. Os registros estão nas fotos que seguem.


PONTOS POSITIVOS
Ótima organização.
Um kit bom. Camiseta de ótima qualidade, porém não gostei da cor da camiseta (cinza). Muito apagada. Esta não é só minha opinião, mas de muitos corredores que fizeram a mesma observação em relação a cor da camiseta, inclusive, já na maratona de Santa Catarina. corredore gostam de cores fortes, vibrantes. Basta observar nas largadas das corridas. Muitos atletas usam as camisetas das assessorias ou as próprias camisetas, de acordo com o seu gosto. Porém, em cores marcantes.
Retirada do kit bem tranquila. Entregue durante 3 dias, inclusive no feriado (15/11).
Camiseta e medalha para os participantes da caminhada.

PONTOS NEGATIVOS

Chip retornável. Muitas corridas de menor expressão do que a Maratona de Curitiba já usam chip descartável. O inconveniente do chip retornável e entregue no dia da prova é que: pouco antes da prova é necessário desamarrar o cadarço do tênis e afixar o chip. Muitas vezes isso muda a amarração do tênis e incomado durante a corrida, principalmente numa prova longa em que qualquer detalhe faz diferença, como é o caso da maratona.
Poucos fazem idéia do quanto é difícil retirar o chip do tênis depois de uma maratona. Parece coisa banal, mas o esforço é grande. E não sou só eu que sinto dificuldade, pois ainda consigo retirar o chip sozinho. Porém, vejo muitos corredores pedindo ajuda para a retirar o chip, tamanho é o cansaço.

Indelicadeza e impaciência de alguns motorista. Presenciei 2 ou 3 cenas em que os motoristas estavam buzinando e até xingando os corredores. Além daqueles que exigiam que os guardas liberassem a pista.
Muitos dias antes das provas de rua, a Prefeitura coloca faixas informando que a rua estará bloqueada no dia e hora da corrida. Basta observar e usar caminhos alternativos. Felizmente, estes casos são exceção, porém lamentáveis.


Agradeço com muita consideração aqueles que me acompanharam, incentivaram e motivaram durante esta maratona, especialmente:  minhas filhas, Rejane, Ari, Valdinei e Laércio.

Para conferir o resultado clique aqui.

Outras fotos podem ser encontradas nos blogs Corridas do Luizz, do Ernesto (obrigado pela foto Ernesto).
















foto by Ernesto




























31 comentários:

  1. Parabéns pela Maratona Julian!!
    Uma pena eu não ter conseguido encontrá-lo nem avistar os outros colegas!!
    Nos vemos nas próximas corridas!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mokoto,
      Pena que não nos encontramos.
      Consegui encontrar tua mãe na largada (literalmente), quando estava passado em direção à linha de largada avistei na grade. Ainda deu tempo para cumprimentá-la.
      Vc fez a maratona ?

      Valeu !

      Julian

      Excluir
    2. Fiz sim minha primeira maratona Julian!

      Mas como eu sabia que meu ritmo, comparado aos demais corredores seria muito mais lento, procurei largar no final do pelotão para não atrapalhar os demais atletas :)

      Excluir
  2. Parabéns Julian , você é um grande guerreiro !!!
    Segunda Maratona em menos de 4 horas, para se ter uma ideia, só abaixei de 4 horas após minha 5 ou 6 maratona.
    E QUE VENHAM MUITAS MAIS !!!
    AH, NESSA O AMIGO NÃO QUIS ME DEIXAR NO POEIRÃO NÉ? DEIXA PARA PRÓXIMA.
    ABRAÇOS,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos,

      Obrigado pela motivação.
      Vc sempre presente e agitando a "galera" de torcedores até nas arquibancadas...rsrsr.
      Por minha vontade gostaria de ter chegado na tua frente. Mas, vc está mandando ver nas maratonas. No ano passado dei sorte. Mas, neste ano sabia que não teria chances.
      Na próxima estaremos juntos novamente.

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  3. Julian,

    É muito legal quando recebemos esse apoio de familiares, amigos, colegas de trabalho e companheiros de corrida. Enquanto lia, fiquei imaginando como foi gratificante para você, correr cercado de pessoas queridas. Obrigado por nos proporcionar um belo relato.

    Quanto ao episódio dos motoristas mal educados, siga em frente, uma vez que nem todos compartilham a paixão pela corrida. Vida longa à "geração movida a energia solar".

    Dionisio Silvestre
    http://correrpurapaixao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dionisio,

      Que bacana ter sempre o teu incentivo e participação.
      Você tem razão! Correr com pessoas queridas faz a diferença. Senti isso nas vezes anteriores. Desta vez foi mais meocionante ainda.
      Os motoristas poderiam melhorar o comportamento e colaborar mais com os eventos. Acredito que com o tempo se integrarão com os corredores. Pena que isso ainda ocorra.

      Obrigado,

      Julian

      Excluir
  4. Muito legal Julian, Parabéns pela maratona concluída e pelo belo relato. Tenho acompanhado toda a repercussão da prova e fiquei realmente muito interessado em participar um dia do evento. Parece ser um desafio e tanto. O apoio de amigos e familiares é importantíssimo e com certeza te ajudaram muito nessa conquista. Parabéns a eles também.

    Abraços

    Danilo Confessor
    Blog Confissões de um Confessor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Danilo,
      Que boma tua participação.
      Correr com as pessoas queridas faz diferença. Senti isso nas vezes anteriores. Desta vez foi mais emocionante ainda.
      Venha participar da Maratona de Curitiba. embora tenha fama de ser a mais difícil do Brasil, não é tão "agrassiva" assim.
      Quando decidir, avise que terei o prazer de recepcioná-lo.
      Obrigado.

      Julian

      Excluir
  5. Parabéns! Foi muito legal te ver durante a prova (eu vi de longe num dos trechos de ida e volta - você estava já voltando e eu indo) e no final.
    Um abraço!

    Adolfo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adolfo,

      Foi muito bom ter te encontrado durante a maratona.
      Trocar algumas palavras, mesmo durante a prova é muito importante.
      Valeu !

      Julian

      Excluir
  6. Parabéns Julian!! Seu tempo foi muito bom. Pena que não nos encontramos, pois eu estava tão bitolado com a prova que nem tive a idéia de ligar, acredita? Mas não tem problema, pois teremos várias outras no ano que vêm, principalmente o revezamento das nascentes (já to confirmado..rs) e outra que consegui terminar minha primeira maratona com um tempo até razoável 4:15h. A sensação de passar a chegada é inexplicável, ainda mais com minha família me esperando. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julio,

      Parabéns pela tua primeira Maratona.
      Bem-vindo a este seleto grupo de maratonistas.
      Sentiu a emoção de passar a linha de chegada com uma torcida com muitas pessoas te observando e aplaudindo. Disse bem: inexplicável.
      O apoio de amigos e familiares é muito importante. Dá muito mais sentido.
      Nos encontraremos em outras corridas e, com certeza, estaremos novamente juntos no Revezamento das Nascentes.

      Valeu !

      Julian

      Excluir
  7. AMIGO JULIAN, PARABÉNS!

    TAMBÉM CORRI... MINHA PRIMEIRA MARATONA... DEPOIS DE UM ANO E MEIO DE TREINO (E ALGUMAS PROVAS, INCLUINDO A MEIA DE CURITIBA E A SUBIDA DA GRACIOSA)... FINALIZEI EM 04HS43MIN...

    VALEU MUITO!

    APÓS A PROVA, ACABEI FUGINDO DA CONFRATERNIZAÇÃO (DESCULPE), MAS PARA NÃO DEIXAR AS PERNAS ESFRIAREM (E ENGESSAREM DE VEZ), POIS AINDA PRECISAVA VOLTAR CAMINHANDO PARA CASA

    PARABÉNS PELOS COMENTÁRIOS. CONCORDO COM TODOS.

    UM BOM ABRAÇO.

    MARCOS MALHADAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcos,

      Parabéns pela primeira maratona.
      Agora já faz parte deste seleto grupo de maratonistas.
      Foi bastante cansativa. Também não fiquei muito tempo depois da prova.
      Precisava colocar as pernas pra cima e esticar o corpo.

      Valeu !

      Julian

      Excluir
  8. Julian,
    Te vi agora no meu blog. Parabéns pelo resultado. Chegamos juntinhos, mas infelizmente não te conhecia. Essa é a minha 4 maratona seguida em Curitiba. Mesmo sendo a última do ano (fiz 10 em 2013), acho essa maratona imperdível. Com certeza nos veremos em 2014.
    Abraços Pernambucanos
    Júlio Maratonista Cordeiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Julio,

      Pena que não nos conhecíamos.
      Parabéns pelo ótimo tempo, considerando a prova.
      Com certeza nos encontraremos no ano que vem, pois pretendo fazer novamente.
      Quando for programa a tua vinda, entre em contato para marcarmos encontro.

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  9. Parabens Julian pela prova... me emocionei com seu relato. Ano q vem quem sabe concluirei minha primeira maratona... esses seus depoimentos é sempre um incentivo. Parabens!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rossana,
      Que bom que ficou motivada para fazer a tua primeira maratona.
      Tem bastante tempo para se programar e preparar.
      Acredito que vc tem todas as condições de fazer uma ótima prova.
      Venha com a gente.
      Obrigado pelo apoio.

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  10. Parabéns! Maratona realmente é superação. Emoção total.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Estella,

      Realmente maratona é muita força de vontade e superação.

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  11. Parabéns por mais essa vitória você mereceu por todo o seu foco, determinação e disciplina! Um dia eu chego lá! Kkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  12. Olá Mirella,
    Obrigdo pela incentivo.
    Com certeza você pode chegar lá.
    Um posso depois do outro...
    Coloque objetivos progressivos e avalie.
    A melhor definição para conseguir é: persistência.

    Vamos lá.

    Julian

    ResponderExcluir
  13. Olá Julianm parabéns pela prova! Adorei o relato, bateu saudade de tudo o que vc presenciou.
    Fiz minha 2ª aqui em ctba, e conclui em 4:26 (-4 da 1ª ano passado).
    Um excelente tempo de prova !! Sub4 em maratona ñ é pra qq um.
    Ahh, e fui uma daquelas que pedi aos meus filhos que tirassem o chip do meu pé.
    Correr 42 é estúpido de bom!
    Abraço
    Dani Sommer - cristaosaradao.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dani,

      Bom saber que vc gostou do relato e, principalmente, se identificou com o que está escrito.
      Depois de uma maratona qualquer pequeno esforço fica difícil.
      Parabéns pelo teu tempo.
      Sempre muito importante terminar uma maratona.

      Valeu!

      Julian

      Excluir
  14. Parabéns Julian.
    Já está se tornando um Dr. em maratonas de Curitiba.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luizz,

      Alguma experiência em Maratona de Curitiba.
      Parabéns pela tua primeira.
      Espero que tenho gostado e esteja novamente no ano que vem.

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  15. Muito legal ler seu relato e, de certa forma, poder fazer parte da maratona tb. Parabéns pela prova, maratonistas são poucos! Vc contribuiu para que eu participasse das corridas de rua e espero que um dia eu tb possa comemorar uma vitória dessas, realmente deve ser uma emoção inexplicável cruzar a linha de chegada. Continue nessa onda de superação!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luana,
      Que bom saber que vc gostou do que escrevi e sentir vontade de participar de uma maratona.
      Se depender de mim, vc estaria fazendo a próxima maratona de Curitiba, em 2014.
      Mas, isso é uma decisão tua, porém, se precisar de incentivo e apoio conte comigo.
      Será um prazer ajudá-la.
      Tenho certeza que irá adorar. É uma emoção muito grande.
      Continue persistente. Quando decidir, me avise.
      Obrigado,

      Valeu!

      Julian

      Excluir
  16. Parabéns pela prova Julian, realmente a camiseta da prova poderia ser mais viva.
    O problema do chip poderia ser resolvido com a entrega junto do chip de um arame daqueles que colocam no saco de pão, tornando mais simples a retirada e colocação. Mas fazer um cara que acabou de terminar a prova retirar o chip é algo extremamente desagradável e a maratona de Curitiba está pecando nesse quesito.
    Espero que esteja se recuperando bem.
    Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ju,

      Algumas soluções simples poderiam resolver a questão do chip.
      Já a camiseta é uma escolha da organização. Muitas vezes com o objetivo de inovar. Porém, o resultado não agrada.

      Abraços,

      Julian

      Excluir

O teu comentário é muito importante, porém identifique-se.
(CF, art. 5º, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato).

RESPONDEREI TODOS OS COMENTÁRIOS.
Volte mais tarde e veja a resposta