Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

MORTE NA SÃO SILVESTRE

Julian
Atleta cadeirante morre durante a 88a. Corrida Internacional de São Silvestre, disputada ontem em São Paulo-SP.
É muito triste iniciar o ano com esta notícia, porém um acidente com o atleta do Pará,  que participava da prova custou-lhe a vida.
Veja a notícia divulgada no jornal Zero Hora:
"O paraense Israel Cruz Jackson de Barros, de 40 anos, morreu nesta segunda-feira após sofrer um acidente durante a prova da São Silvestre, tradicional evento em São Paulo que marca o último dia do ano. Israel participava da prova de cadeirantes e descia a ladeira
da Rua Major Natanael quando perdeu o controle da cadeira e se chocou com o muro do Pacaembu, segundo testemunhas que estavam no local.
Julian

Israel Cruz Jackson de Barros tinha experiência em provas do gênero e foi campeão da Volta da Pampulha, em Minas Gerais, em 2011. O atleta usava capacete no momento do acidente. Segundo o laudo do Instituto Médico Legal, Israel teve um "trauma toráxico", mas não foi especificada a causa da morte.
Confira a nota oficial da organização da São Silvestre:
"O Comitê Organizador da 88ª Corrida Internacional de São Silvestre comunica o falecimento do atleta Israel Cruz Jackson de Barros, inscrito na categoria Cadeirante masculino. O fato ocorreu em razão de um acidente durante a prova realizada na manhã desta segunda-feira, em que o atleta se chocou contra o muro do Estádio do Pacaembu.
O atleta, segundo outros participantes, teria perdido o controle de sua cadeira na descida sofrendo uma queda muito forte. Prontamente atendido pela equipe médica do evento, que estava próximo ao local, Israel foi depois levado à Santa Casa de São Paulo ainda consciente, às 7h35, foi atendido pela equipe do hospital, mas, infelizmente, nao resistiu em razão da gravidade dos ferimentos e faleceu às 8h50.
O atleta estava devidamente inscrito na prova, obedecendo os critérios de seleção do evento cujas inscrições foram feitas pela Fundação Cásper Libero e supervisionadas pela organização técnica do evento e pela ADD - Associação Desportiva para Deficientes.
O Comitê Organizador está acompanhando o caso juntamente com a ADD para atendimento à família do competidor, uma vez que o mesmo não residia na Capital.
Atenciosamente,
Comitê Organizador da 88ª Corrida Internacionaol de São Silvestre”

2 comentários:

  1. Veja o que meu aluno Luciano escreveu:
    Professor, não sei se o Sr. viu este, mas acho que a mais relevante notícia sobre o acidente é esta, publicada na Folha na semana passada, que cita exatamente o local onde o atleta faleceu. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/esporte/17539-prova-de-risco.shtml

    ResponderExcluir
  2. Olá Adolfo,

    Provavelmente o acidente não teria ocorrida se tivesse sido tomadas providências.
    Não tenho conhecimento se há "limitador de velocidade" aos atletas cadeirantes.
    De qualquer modo é lamentável o ocorrido.

    Abraços,


    Julian

    ResponderExcluir

O teu comentário é muito importante, porém identifique-se.
(CF, art. 5º, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato).

RESPONDEREI TODOS OS COMENTÁRIOS.
Volte mais tarde e veja a resposta