Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

MARATONA DE CURITIBA - fotos

Hoje inicio o relato da Maratona de Curitiba, que farei no dia 18/11/2012.
A decisão de participar desta prova foi tomada no dia 20/11/2011, quando acabei minha primeira maratona, exatamente, a Maratona de Curitiba/2011.
Tanto que no Calendário de Corridas em Curitiba esta prova está grafada em vermelho para lembrar que é um desafio importante.
Para obter mais informações e fazer a inscrição clique aqui.
Comecei a preparação e em abril/maio. A Meia Maratona de Inverno de Curitiba, em junho e a Meia Maratona Noturna de Curitiba, em setembro, foram provas que fizeram parte dos preparativos.
A partir de agosto comecei na academia para fortalecimento muscular.
Os longos também fizeram parte deste preparativo.
Foram uns 5. Comecei com 15, 18, 23, 28 e o último no dia 03/11/2012 de 35,72Km.
Me sinto preparado para participar desta prova.
Mas, cada maratona tem sua história, mesmo para aqueles mais experientes.
Então, vou dizer que estou confiante para participar desta maratona.
Tenho 2 objetivos principais:
O primeiro é terminar a prova.
O segundo, se possível, fazer com o tempo abaixo de 4h.
A estratégia já está preparada e memorizada. Espero poder cumpri-la.
Conto com a ajude de Deus para superar este desafio.
Confesso que hoje estou  mais ansioso do que no ano passado. Ao menos é a impressão que tenho.
Mas, vamos lá.

SÁBADO
Julian
Sábado foi dia de descanso e concentração.
Almoço leve com massas.
A tarde fui com a Fabi, minha pace, assistir aos jogos de vôlei de praia, na area Banco do Brasil, montada no Parque Barigui.
A noite foi a vez do jantar de massas no Restaurante Velho Madalosso, na companhia da Fabi, e dos casais, Paulo e Edna e Marcos e Olivia, Ernesto e Karin.
Uma noite maravilhosa. Jantamos com calma e conversamos bastante, é claro, sobre corridas.
Chegando em casa, conferi os últimos  preparativos.
Separei o tênis, a meia, a camiseta, o boné com os quais participarei da prova.
Alguns acessórios também foram preparados: gel de carboidrato, uva passas, isotônico, máquina fotográfica.
Depois dormir para descansar bem.
 

O GRANDE DIA
Julian
Acordei as 5h45min.
Um rápido café da manhã com pão e mel.
Sai de casa as 6h30min. Minha casa fica relativamente perto do Centro Cívico, local da largada da prova.
Eu fui de carro e a Fabi foi de bike. Aí tive que ir mais devagar para que a Fabi pudesse me acompanhar, já que não conhecia bem o caminho.
Bem antes do local da largada, as ruas estavam bloqueadas. Estacionei o carro e fui trotando, fazendo um pequeno aquecimento, até o local da retirada do chip.
Retirei o chip meia hora antes do horárioda largada.
Tirei algumas fotos, fiz um pequeno aquecimento, combinei com a Fabi o ponto de encontro no percurso e me posicionei na linha da largada.
Embora imaginasse que neste momento estaria muito ansioso, estava bem calmo e concentrado, mentalizando a estratégia que havia traçado para cumprir os 42Km da melhor forma possível.
As 7h15min foi dada a largada. Saí com calma, pois sabia que não era o ritmo dos primeiros metros que iria definir o resultado final.
Tinha decidido que na primeira parte (meia maratona) faria um pace um pouco abaixo de 6min/Km, o que resultaria num tempo final abaixo de 2h. Mas, confesso que não conseguia manter este rítmo, que ficava mais próximo dos 5min/Km do que dos 6min/Km.
Depois de 5Km passamos pelo local da largada. Neste momento estavam largando os corredores dos 10Km e pude correr lado a lado na Av. Cândido de Abreu até o Shopping Muller, que eles viraram à direita e nos (maratonistas) seguimos em frente.
Reencontrei a Fabi no final da Av. Cândido de Abreu, onde tínhamos combinado. A partir daí recebi toda a assistência até o final da prova.
Senti falta da banda de música no final da Av. Sete de Setembro, que estava presente no ano anterior e animou os corredores. Seguimos em frente.
Passei a meia maratona com 1h51min. Senti que estava bem e que podia chegar com menos de 4h, se mantesse aquele rítimo.
Julian
Campanha contra acidentes
Mas, foi aí que lembrei que tudo pode acontecer numa maratona e ela só termina depois de cruzar a linha de chegada.
Comecei a sentir dor no tornozelo e um desconforto no quadril da perna direita. Sentia mais nas descidas. E pensei: logo passa. Mas, estava demorando. Não aumentava, porém sentia a cada passada e aumentava quando precisava sustentar o peso do corpo nas descidas.
Esta dor me acompanhou por 5Km, diminuindo aos poucos até desaparecer no Km 27.
Meu rítmo neste trecho diminuiu um pouco, mas não chegou a comprometer.
No Km 27, quando virei na Av. Mal. Floriano, encontrei o Hibarino e o Laercio, que se uniram à Fabi e me acompanharam até o final.
Estava me sentindo literalemente "escoltado" por 3 batedores. Uma bike à frente e uma de cada lado...rsrsr.
Durante todo o percurso não faltaram palavras motivadoras, tais como: vamos lá... tá num ritmo muito bom...tá passando todo mundo... só faltam 10, 5, 2Km... tá chegando. Além da ajuda, com água, isotônico e todo o tipo de conforto possível.
Corria bem e concentrado, sem deixar de responder as perguntas e algumas vezes brincar com os fotógrafos (não é Rick, Lucas...), demais corredores e platéia que assistia durante todo o percurso.
O Ari estava nos esperando no Km 39 (viaduto da Visconde de Guarapuava). Mais um para participar da "escolta"....rsrsr. Agora eram 4 paces.
Como sempre, o Ari chegou com as piadas, brincadeiras e com muita motivação.
Entrei pela rua Dr. Faivre e segui para os Km finais.
A partir do Km 40 senti o cansaço.
Aumentei a concentração e buscava chegar o mais rápido possível.
Estava tão concentrado que no Km 40, por volta da reitoria da Universidade Federal do Paraná passei pelo meu amigo Marcos Nicola e nem o vi. Só fui perceber nas fotos, embora os amigos tivessem me avisado que o Marcos estava correndo com a gente, mas julgava que ele já havia terminado e voltado para me incentivar (O Marcos Nicola correu mais de 10 maratonas e com tempos abaixo de 3h30min).
Julian
Entrei pela rua Pres. Carlos Cavalcanti (subida) e me lembro que pedi para a Fabi tirar algumas fotos. Meu ritmo estava bom (5min/Km).
Na esquina da rua Pres. Carlos Cavalcanti com a Av. Cândido de Abreu estava a placa de 41Km.
Agora só faltava 1Km. Neste momento falei para meus amigos "batedores" - agora vai.
Desci o inicio da Av. Cândido de Abreu com muita vontade e a partir do Shopping Muller iniciou uma leve subida. Mesmo assim, não desanimei. Mantive o rítmo, impulsionado pelas palavras motivadoras dos amigos: já tá chegando... agora faltam poucos metros... vamos lá...
O Ari se posicionou do meu lado e ia repetindo o meu pace instantâneo. Vamos... está a 12,3Km/h, está a 12,5Km/h, agora 12,8Km/h.... E eu no sprint final, dando tudo o que podia (e acho que até o que não podia...rsrsr).
Cruzei a linha de chegada quase desabando, mas firme o suficiente para me manter em pé.
Terminei com o tempo de 3h43min13. Excelente tempo. Consegui baixar 17min meu tempo, em relação ao ano passado. Cumpri meus 2 objetivos.
Recebi cumprimentos de muitas pessoas que estavam por ali, atletas (Marcos), familiares que estavam do lado de fora assistindo e esperando os seus corredores, pessoal da organização....
Passei no funil de dispersão, entreguei o meu chip e peguei a minha medalha. Muito linda. Coloquei-a no peito com muito orgulho. Para conquistá-la foi preciso muita preparação, esforço, superação e suor.
Julian
O restante foi festa com os amigos, minhas filhas e todos os que estavam presentes. Todos irradiavam alegria e satisfação.
Minhas filhas compareceram na chegada e me fizeram uma surpresa. Muito obrigado lindas. O papai ama vocês.
A organização da prova estava perfeita. Água e isotônico ao longo de todo o percurso e na chegada frutas e massagem.
Antes do final do evento, ainda teve um pedido de noivado/casamento de um corredor da equipe Pé no Asfalto, em alto e bom som (não muito), nos microfones da organização. Foi emocionante. Coragem hein!
Quando estava indo embora passei no quiosque para tomar um caldo de cana para repor a glicose. Ainda tive tempo de encontrar o seu Osmar. Um senhor que veio de Marília para correr a Maratona de Curitiba. Precisava de informações para chegar até a rodoviária para pegar o ônibus de volta. Que força de vontade seu Osmar. Persista sempre.
Senti a falta de um grande amigo nesta Maratona: o Luiz, do blog corridasdoluizz. Correu os 10Km e estava fotagrafando a Maratona, mas não nos encontramos. Pena !!! 
As fotos demonstram o momentos deste relato. Obrigado a todos que participaram. Podem baixá-las a vontade. Outras fotos também podem ser baixadas no sitio da vivoesportes.
Valeu !!!
Julian

Julian

Julian

Julian

Julian
Julian
Julian
Julian
Julian

Julian

Julian

Julian


Julian
Julian
Julian
Julian
Julian

Julian



Julian

Julian
Julian
Julian

Julian
Julian
Julian

Julian
Julian
Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian

Julian



22 comentários:

  1. Parabéns Julian
    Tenho certeza que seu relato será lindo e repleto de detalhes de um vencedor!

    ResponderExcluir
  2. Luiz,

    O relato está pronto. Confira !
    É um pouco extenso, exatamente em razão de alguns detalhes que incluí.
    Pena que não nos encontramos na Maratona.
    Abraços,

    Julian

    ResponderExcluir
  3. Ótimo relato. Parabéns mais uma vez. exemplo para todos nós. Dá-lhe garotoooooooooooooooooooooooooooo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Paulo,

      Isto dá força e estímulo para continuar com mais vontade.
      Não me considero exemplo. Acho que sou determninado. Pode ser que alguém veja nisso como algo bom.

      Valeu !

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  4. Agora sim, parabéns meu campeão, que alegria ter o seu relato.
    Parabéns mesmo. Estou muito feliz com seu sucesso.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Luiz pelas lindas palavras motivacionais.
      Espero correr do teu lado no ano que vem.
      Se eu conseguir te acompanhar, é claro...rsrsr.
      Venha para o time dos "grandes".
      Que bom ter vc como amigo.

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  5. Parabéns Julian!

    E foi a segunda! Pensei que tivesse sido a primeira! Tomara que venham algumas mais no futuro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adolfo,

      Foi a segunda. tinha feito no ano passado.
      Espero fazer outras, sim.
      Foi muito bom ter te encontrado nesta também.

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  6. Julian, correr e ainda nos presentear com um relato como este, não é para qualquer um, um abraço e boas provas. Laercio Ferreira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laercio,

      Obrigado pelas lindas palavras.
      Eu é que te agradeço pela força que recebi.
      Tenho certeza que a história seria outra se não fosse o incentivo de vocês que me acompanharam.
      Valeu parceiro.
      Quero um dia pode retribuir esta "força" recebida.
      Também quero ver vc fazer parte desta história dos "grandes".
      Quem sabe no ano que vem ?

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  7. PARABÉNS!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Pode acreditar, 5 anos participando nessas empreitadas e ainda me emociono até com o depoimento dos colegas de estrada! Me emocionei ao ler o teu! Consigo viver a emoção da passada... acima de 12k/hr na reta final não é pra qqr um! TÁS EM GRANDE FORMA MEU AMIGO!!!!!

    Bjo e até domingo dia 2!!!!

    Cassiana Bruel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cassiana,

      Que gostoso ler as tuas palavras. Especialmente vinda de vc que já é uma veterana nesta "praia". Fiquei muito feliz e emocionado.
      Acredito que estava bem preparado e confiante.
      Tinha feito todos os "testes" a acreditava que tudo iria dar certo, como realmente deu.
      Foi muito gostoso e a emação foi muito grande.
      Estar rodeado dos amigos, presentes e também por aqueles que de longe, tenho certeza, também estavam torcendo.
      Um dia ainda pretendo correr do teu lado, aqui ou nas tuas terras. Só preciso me preparar para não levar um "poeirão"...rsrsr.
      Obrigado pelo carinho.

      Abraços,


      Julian

      Excluir
  8. Julian Parabéns !!!!!

    Sentir o cansaço nos 40Km mostra que está bem prepado.

    Eu aqui sentado senti o cansaço quando vi a foto da placa dos 16Km rsrrs

    Forte Abraço e bons treinos

    Léo

    www.pisandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Léo,

      Obrigado pela participação.
      Como vc disse: estava bem preparado. Isso me ajudou bastante para chegar "inteiro" no final.
      Consegui superar este desafio. Foi muito importante.

      Valeu,

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  9. Parabéns Julian pelo sucesso alcançado e pelo relato sobre sua preparação e os detalhes da participação. Sucesso, saúde e sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renny,

      Obrigado pela participação e pelas lindas palavras.
      Vou em frente. No ano que vem tenho outros objetivos.
      Espero sempre poder relatar a felicidade de ter conseguido superer um desafio.

      Valeu,

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  10. Olá Julian,

    Parabéns pelo relato, pelas fotos e pela excelente performance! Eu também estive nesta prova mas não foi nenhum desempenho exemplar, quem sabe se eu voltar aí no próximo ano a gente se encontre pelo percurso.

    Abraço e bons treinos!

    Claudio Rinaldo
    http://numerodepeito.blogspot.com/
    http://cicloviadigital.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rinaldo,

      Que bom que vc veio participar da "nossa" Maratona.
      Venha novamente no próximo ano. Mas, aí vamos combinar para nos encontrar.
      Obrigado pela força e pela motivação.
      Venha outra vezes, quando puder.
      É mais importante participar do que competir.

      Valeu !

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  11. parabéns Julian, correr a maratona na sua cidade foi demais...
    e que venham as próximas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa,

      Obrigado pelas palavras.
      Que bom que vc veio participar da Maratona de Curitiba.
      Venha outras vezes.
      Se puder entre em contato para a gente marcar um jantar, quem sabe.
      Seja bem-vindo à nossa cidade.

      Valeu !

      Abraços,

      Julian

      Excluir
  12. Apenas uma curiosidade, por que o seu número era diferente dos demais participantes da maratona? É por ser um numero redondo(100,200,...)?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipe,

      Não sei responder a tua pergunta.
      Nem tinha reparado que havia diferença entre o meu número com os demais.

      Obrigado pela participação.

      Abraços,

      Julian

      Excluir

O teu comentário é muito importante, porém identifique-se.
(CF, art. 5º, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato).

RESPONDEREI TODOS OS COMENTÁRIOS.
Volte mais tarde e veja a resposta